top of page
  • Foto do escritorAstronomia e Astronáutica

A cápsula Órion da missão Artemis

Pela primeira vez em uma geração, a NASA está construindo uma nave espacial humana para missões no espaço profundo que iniciará uma nova era de exploração espacial. Uma série de missões cada vez mais desafiadoras aguarda, e esta nova nave nos levará mais longe do que antes, incluindo nas proximidades da Lua e de Marte. O nome da nave deriva de uma das maiores constelações do céu noturno. Nela estão mais de 50 anos de pesquisa e desenvolvimento de voos espaciais. A espaçonave Orion foi projetada para atender às

necessidades em evolução do programa de exploração do espaço profundo da nossa nação nas próximas décadas. Orion servirá como o veículo de exploração que levará a tripulação ao espaço, fornecerá capacidade de abortagem de emergência, sustentará astronautas durante suas missões e fornecerá reentrada segura das velocidades de retorno do espaço profundo. As missões Orion serão lançadas a partir do porto espacial modernizado da NASA no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, no novo e poderoso foguete pesado da agência, o Space Launch System. Na primeira missão integrada, Artemis I, um Órion sem tripulação se aventurará milhares de quilômetros além da Lua ao longo de cerca de três semanas. A missão abrirá caminho para voos com astronautas a partir do início da década de 2020. O vídeo mostra os componentes da Órion.

Texto: NASA.




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rover realiza abrasão em rocha marciana

Na semana passada, o Perseverance chegou ao tão esperado local de Bright Angel, nomeado por ser uma rocha de tons claros que se destaca em dados orbitais. A cor única aqui, bem como as características

Comments


bottom of page