top of page
  • Foto do escritorAstronomia e Astronáutica

A maior explosão de um foguete da história

Em 3 de julho de 1969, às vésperas da decolagem da Apollo 11, engenheiros soviéticos fizeram sua segunda tentativa clandestina de voar seu foguete lunar gigante, o N1, que era pouco menor que o Saturno V, que levou os homens à Lua. No entanto, a missão terminou poucos segundos após a decolagem com uma explosão colossal, efetivamente tirando a URSS da Corrida Lunar, poucos dias antes de os astronautas da NASA caminharem na superfície lunar. Essa foi a maior explosão de um foguete da história. A plataforma de lançamento do foguete foi completamente destruída. Alguns pedaços do foguete foram encontrados a 10 km de distância! Janelas foram arrancadas no chamado sítio 2, localizado a 6 km de distância. A vitrine de um café, localizado a 35 km de distância se quebrou. Presente no local do lançamento, o tenente-coronel Semen Komarovsky disse: "Hoje,... Vi sem exagero o fim do mundo, e não em um pesadelo, mas totalmente acordado e ao lado dele." A possível causa do acidente pode ter sido que as pás da bomba do motor número 8, que foi encontrada derretida e danos de uma explosão interna , poderiam ter causado a explosão. Essas pás, devido a um pequeno desvio em seu eixo, passaram a raspar na carcaça, produzindo faíscas, que em contato com o oxigênio líquido, provocaria uma explosão imediata.



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page