top of page
  • Foto do escritorAstronomia e Astronáutica

James Webb descobre vapor d´água em cometa.

O telescópio espacial James Webb conseguiu outro avanço científico muito buscado por cientistas que estudam o sistema solar que estudam a abundância de água na Terra. Usando um instrumento denominado Near Infrared Spectrograph, astrônomos confirmaram a existência de vapor d'água ao redor de um cometa do cinturão de asteroides pela primeira vez. Ele é o 238P/Read. Isso indica que o gelo de água pode ser preservado naquela região. Porém, ao mesmo tempo, um mistério surgiu: ao contrário de outros cometas, esse não tinha dióxido de carbono detectável. Os cientistas há muito especulam que o gelo de água poderia ser preservado no cinturão de asteroides mais quente, dentro da órbita de Júpiter, mas a prova definitiva só surgiu agora. A falta de dióxido de carbono foi uma surpresa maior. Normalmente, o dióxido de carbono representa cerca de 10% do material volátil de um cometa que pode ser facilmente vaporizado pelo calor do Sol. A equipe científica apresenta duas possíveis explicações para a falta de dióxido de carbono. Uma possibilidade é que o cometa Read tivesse dióxido de carbono quando se formou, mas perdeu isso por causa das temperaturas quentes. A primeira imagem mostra uma concepção artística do cometa sublimando. Já a segunda mostra a imagem feita pelo telescópio James Webb no dia 8 de setembro de 2022.


Concepção artística do cometa.
Concepção artística do cometa.

Imagem do cometa feita pelo James Webb.
Imagem do cometa feita pelo James Webb.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page