top of page
  • Foto do escritorAstronomia e Astronáutica

Jeremiah Horrocks

No dia 3 de janeiro de 1641 morria precocemente, aos 23 anos, o astrônomo inglês Jeremiah Horrocks, também conhecido como Jeremiah Horrox, que utilizou as Leis do movimento planetário de Kepler à Lua. Em 24 de novembro de 1639 foi o único a registrar o trânsito de Vênus, que havia sido negligenciado por Kepler, mas que havia sido previsto por ele. Esta também foi a primeira observação científica desse fenômeno. Apesar do tempo predominantemente nublado no dia, conseguiu realizar a observação por volta das 15 horas e continuou observando pelos próximos 30 minutos. O trânsito de Vênus ocorre quando o planeta passa em frente ao disco solar, da perspectiva da Terra. Como o planeta é bem menor que o Sol, apenas um pequeno disco negro é visto passando na frente do disco solar. Posteriormente mostrou que a órbita lunar é elíptica, criando assim uma base parcial do futuro estudo de Isaac Newton. Também realizou estudos sobre as marés, verificou corretamente que o Sol influenciava na órbita lunar e que havia uma perturbação mútua entre as órbitas de Júpiter e Saturno. A segunda imagem mostra uma sequência de fotos de um trânsito de Vênus. O trânsito só ocorre com os planetas interiores, ou seja, Mercúrio e Vênus, que estão entre a Terra e o Sol, foi um fenômeno bastante utilizado nessa época para determinar com maior exatidão a distância entre esses planetas e a Terra. Sir John Herschel o chamou de "orgulho da astronomia britânica".


Jeremiah Horrocks
Jeremiah Horrocks

Trânsito de Vênus
Trânsito de Vênus perante o Sol

Posts recentes

Ver tudo

Rover realiza abrasão em rocha marciana

Na semana passada, o Perseverance chegou ao tão esperado local de Bright Angel, nomeado por ser uma rocha de tons claros que se destaca em dados orbitais. A cor única aqui, bem como as características

Comentários


bottom of page