top of page
  • Foto do escritorAstronomia e Astronáutica

Lançamento da Soyuz 13

No dia 18 de dezembro de 1973 foi lançada a missão Soyuz 13, que foi a primeira missão tripulada da U.R.S.S. dedicada integralmente à ciência. A carga principal desta missão foi constituída pelo telescópio astrofísico Orion-2. O telescópio estava instalado na parte dianteira do Módulo Orbital no lugar do sistema de acoplagem. Além do mais, o próprio Módulo Orbital foi transformado num laboratório cientifico e a Soyuz-13 estava equipada com painéis solares para o fornecimento de energia aos instrumentos a bordo bem como ao próprio veículo espacial. A missão da Soyuz-13 foi programada para coincidir com a passagem do cometa Kohoutek próximo da Terra em finais de 1973. A bordo estavam Pyotr Ilych Klimuk (Comandante), 31 anos de idade, e Valentin Vitalyevich Lebedev, 31 anos de idade. O lançamento se deu no Cosmódomo de Baikonur. Com os dois cosmonautas em órbita, pela primeira vez na história do voo espacial astronautas dos Estados Unidos e cosmonautas da União Soviética estavam em órbita ao mesmo tempo, pois apenas dois dias antes havia sido lançada a missão Skylab 4. Durante a missão, Klimuk e Lebedev levaram a cabo um variado leque de experiências científicas nos campos da Medicina, Biologia, Recursos Terrestres, Astronomia e Navegação. Durante a missão Soyuz-13 a tripulação obteve 10.000 espectrogramas de mais de 3.000 estrelas na constelação do Touro, Orion, Gêmeos, Auriga e Perseu. Todos os espectrogramas, utilizando filme fornecido pela NASA, encontravam-se na região espectral de 2.000 a 3.000 Angstrom, que não pode ser estudada a partir da Terra.



A tripulação da Soyuz 13.
A tripulação da Soyuz 13.

Desenho esquemático da Soyuz 13.
Desenho esquemático da Soyuz 13.

Pyotr Ilych Klimuk, comandante da missão.
Pyotr Ilych Klimuk, comandante da missão.

Valentin Vitalyevich Lebedev.

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page