top of page
  • Foto do escritorAstronomia e Astronáutica

Missão Messenger chega ao fim

O dia 30 de abril de 2015 marcou o fim da missão não-tripulada da NASA Messenger, que tinha o objetivo de estudar o planeta Mercúrio. A missão durou ao todo 10 anos, 8 meses e 28 dias, quando o combustível da sonda acabou e os controladores da missão a lançaram propositadamente sobre a superfície de Mercúrio a mais e 14 mil km/h, abrindo uma cratera de mais de 16 metros no solo, que não pode ser vista da Terra por ter ocorrido no lado escuro do planeta. No total, a missão deu 4.105 órbitas no planeta, retornando 255.858 fotos à Terra e 10 Terabytes de dados científicos. A missão descobriu gelo de água e compostos orgânicos em crateras que nunca recebem luz solar, no polo norte do planeta. À medida que sua órbita foi decaindo, no início de 2015, A Messenger conseguiu tirar fotos detalhadas das crateras cheias de gelo e outras formas do relevo do polo norte de Mercúrio. O nome da missão fez uma alusão ao nome do planeta, que na mitologia romana significa "o mensageiro dos Deuses". Em 1 de agosto de 2014, em comemoração ao 10º aniversário do seu lançamento, a equipe da MESSENGER lançou um filme que mostra um sobrevoo de Mercúrio. O filme é acelerado por um fator de sete para facilitar a visualização. Ele pode ser visto nesta publicação.


Concepção artística da Messenger se aproximando do planeta Mercúrio.
Concepção artística da Messenger se aproximando do planeta Mercúrio.

Emblema da missão Messenger.
Emblema da missão Messenger.

Uma das imagens mais nítidas de Mercúrio e que foi feita pela sonda Messenger.
Uma das imagens mais nítidas de Mercúrio e que foi feita pela sonda Messenger.


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page