top of page
  • Foto do escritorAstronomia e Astronáutica

O primeiro choque entre dois satélites

A primeira imagem mostra o satélite russo de comunicações Kosmos 2251, que foi lançado do Cosmódromo de Plesetsk no dia 16 de junho de 1993. Seu peso era de 900 kg. A segunda imagem mostra o satélite de comunicação norte-americano Iridum 33 que foi lançado do Cosmódromo de Baikonur, na Rússia em 14 de setembro de 1997. Mas, o que estes dois satélites têm em comum? No dia 10 de fevereiro de 2009, às 19:56 de Moscou (14:56 de Brasília), sobre a Sibéria, os dois satélites protagonizaram a primeira colisão entre dois satélites. O choque aconteceu a 800 km de altitude. Segundo a NASA, o choque produziu 1.347 detritos para o Kosmos e 528 para o Iridum. Na época, a Roscosmos, agência espacial russa, declarou que os destroços dos dois satélites não representariam um perigo para a ISS (Estação Espacial Internacional, na sigla em inglês) nem para sua tripulação.

Já a Nasa (agência espacial americana) informou que o choque produziu uma nuvem de escombros e advertiu que a mesma representa risco para a ISS, que se encontra em uma órbita de cerca de 400 quilômetros de altura, porém não há registros de detritos dessa colisão atingindo a ISS. Os fragmentos acabaram se dispersando a uma altura entre 500 e 1.300 km, declarou o chefe do Estado-Maior das Forças Espaciais da Rússia, general Aleksandr Yakushin.


O Kosmos 2551.
O Kosmos 2551.

O Iridum 31
O Iridum 33

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page