top of page
  • Foto do escritorAstronomia e Astronáutica

O telescópio espacial Hubble é colocado em órbita

Há 32 anos, no dia 24 de abril de 1990 era lançada a missão STS-31 do ônibus espacial Discovery, com uma tripulação composta por Loren Shriver (comandante, ao centro na foto), Charles Bolden (piloto, à esquerda embaixo), Steven Hawley (esquerda em cima), Bruce McCandless (direita em cima) e Kathryn Sullivan como especialistas de missão e que levava a bordo o telescópio espacial Hubble. Ele foi lançado em uma órbita a 612 km da Terra. Opticamente o telescópio espacial Hubble é um refletor Cassegrain, com um espelho de 2,4 m de diâmetro. No entanto, poucas semanas após o lançamento, verificou-se que havia um sério problema no sistema óptico do telescópio, pelas imagens que ele enviava à Terra. Em dezembro de 1993, foi lançada a missão STS-61, no ônibus espacial Endeavour, com o objetivo de realizar as correções necessárias para que o telescópio operasse corretamente. Após um complexo trabalho, onde os astronautas utilizaram mais de cem ferramentas construídas especificamente para essa missão, a missão foi considerada um sucesso pela NASA em 13 de janeiro de 1994, quando foi mostrada a primeira foto nítida do telescópio. Na penúltima foto é possível ver a diferença entre as imagens antes e depois da correção. Após essa missão, outras 4 já foram lançadas para realizar manutenções no telescópio. Astronomicamente, uma das principais conquistas do telescópio Hubble foi a determinação da distância das cefeidas com uma precisão inédita, além de refinar as estimativas de idade do universo. O telescópio recebeu o nome do astrônomo norte-americano Edwin Powell Hubble (última foto), que realizou, entre outros, estudos mostrando a forte evidência direta entre a luminosidade e o período de pulsação de uma cefeida variável clássica para dimensionar distâncias galácticas e extragalácticas.


O telescópio espacial Hubble na órbita terrestre.
O telescópio espacial Hubble na órbita terrestre.

Emblema da missão que pôs o telescópio Hubble em órbita.
Emblema da missão que pôs o telescópio Hubble em órbita.

Loren Shriver (comandante, ao centro na foto), Charles Bolden (piloto, à esquerda embaixo), Steven Hawley (esquerda em cima), Bruce McCandless (direita em cima) e Kathryn Sullivan como especialistas de missão.
Loren Shriver (comandante, ao centro na foto), Charles Bolden (piloto, à esquerda embaixo), Steven Hawley (esquerda em cima), Bruce McCandless (direita em cima) e Kathryn Sullivan como especialistas de missão.

O Hubble sendo colocado em órbita ainda fixado ao equipamento que coloca os satélites em órbita, visto de dentro do ônibus espacial.
O Hubble sendo colocado em órbita ainda fixado ao equipamento que coloca os satélites em órbita, visto de dentro do ônibus espacial.

Visão explodida do telescópio espacial Hubble.
Visão explodida do telescópio espacial Hubble.

Imagem feita pelo telescópio Hubble antes (esquerda) e depois da correção feita em missão posterior do ônibus espacial.
Imagem feita pelo telescópio Hubble antes (esquerda) e depois da correção feita em missão posterior do ônibus espacial.

Edwin Hubble, astrônomo norte-americano que dá nome ao telescópio.
Edwin Hubble, astrônomo norte-americano que dá nome ao telescópio.

1 visualização0 comentário
bottom of page