top of page
  • Foto do escritorAstronomia e Astronáutica

NASA realiza estudos iniciais nas amostras da OSIRIS-REx

A NASA, após realizar estudos iniciais das amostras do asteroide de 4,5 bilhões de anos, Bennu, trazidas pela sonda OSIRIS-REx, verificou que elas têm alto teor de carbono e água, que juntos podem indicar que os blocos de construção da vida na Terra podem ser encontrados na rocha. Nas primeiras duas semanas, os cientistas realizaram análises "rápidas" desse material inicial, coletando imagens de um microscópio eletrônico de varredura, medições de infravermelho, difração de raios X e análise de elementos químicos. A tomografia computadorizada de raios X também foi usada para produzir um modelo computacional 3D de uma das partículas, destacando seu interior diverso. Este vislumbre inicial forneceu a evidência de carbono e água abundantes na amostra. Nos próximos dois anos, a equipe científica da missão continuará caracterizando as amostras e conduzirá as análises necessárias para atingir os objetivos científicos da missão. A Nasa preservará pelo menos 70% da amostra no Centro Espacial Johnson para novas pesquisas de cientistas em todo o mundo, incluindo futuras gerações de cientistas.


Amostras de Bennu no receptáculo da sonda.
Amostras de Bennu no receptáculo da sonda.


Amostras de Bennu em close.
Amostras de Bennu em close.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rover realiza abrasão em rocha marciana

Na semana passada, o Perseverance chegou ao tão esperado local de Bright Angel, nomeado por ser uma rocha de tons claros que se destaca em dados orbitais. A cor única aqui, bem como as características

Comments


bottom of page